O Atlético Mineiro fez a sua parte, mas ainda não conseguiu chegar à liderança do Campeonato Brasileiro. O time venceu o Coritiba por 2 a 0, nesta quarta-feira, no estádio Independência, em Belo Horizonte, em partida pela 10.ª rodada. Com o resultado, a equipe soma 20 pontos, em segundo lugar. O primeiro colocado Sport, no entanto, foi a 22 com a vitória contra o Internacional, no Recife. Por sua vez, o clube paranaense segue na zona do rebaixamento, com 7 pontos. Os dois gols foram marcados por Thiago Ribeiro – aos 45 minutos do primeiro tempo e aos 21 da etapa final.

Como acontece na maior parte dos jogos no Independência, o Atlético começou a partida pressionando o adversário. Com mais posse de bola, o time chegou com perigo pela primeira vez aos 9 minutos. Douglas Santos cruzou da esquerda e Pratto cabeceou por cima do gol de Bruno. Em uma das poucas chances de gol do Coritiba na etapa inicial, aos 15, Wellington Paulista, de frente para Victor, bateu fraco, depois de falha da zaga atleticana. O goleiro alvinegro defendeu sem dificuldade.

Um minuto depois, Carlos e Giovanni Augusto tabelaram pela direita e deixaram a bola para Patric, que chutou à direita de Bruno. A partir dos 20 minutos, o Coritiba fechou mais a marcação, dificultando os avanços do Atlético. Nova chance para os mineiros somente aos 38 com Pratto, que chegou atrasado para escorar chute cruzado da direita de Thiago Ribeiro. Aos 45, o gol atleticano. Thiago Ribeiro recebeu de Patric, que vinha pela direita, girou e bateu cruzado, sem chances para Bruno.

A primeira oportunidade de gol no segundo tempo foi do Coritiba. Aos 7 minutos, Marcos Aurélio rolou para Lúcio Flávio, que chutou forte de fora da área. Victor espalmou. O time paranaense jogava melhor que no primeiro tempo. Armava mais jogadas, se posicionava bem na defesa, mas não foi capaz de evitar o segundo gol do Atlético. Aos 21 minutos, depois de troca de passes entre Thiago Ribeiro e Patric, a bola ficou com o atacante, que chutou cruzado, batendo o goleiro Bruno.

O Coritiba insistia. Aos 29 minutos, Paulinho avançou pela esquerda e chutou rasteiro. Victor defendeu. O time chegou novamente aos 31. Paulinho recebeu de Luccas Claro, driblou Patric e levantou na entrada da pequena área. Wellington Paulista cabeceou por cima de Victor.

Aos 37 minutos, por pouco não acontece o terceiro do Atlético. Patric dominou na área e chutou frente a frente com Bruno, que jogou para escanteio. A partir deste lance, o time mineiro passou a tocar a bola, esperando o fim do jogo.

Pela 11.ª rodada, no domingo, o Atlético vai até Porto Alegre para enfrentar o Internacional, às 18h30, no estádio Beira-Rio. Um dia antes, às 15 horas, o Coritiba joga em casa contra o Joinville, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 2 x 0 CORITIBA

ATLÉTICO-MG – Victor; Patric, Jemerson, Leonardo Silva e Douglas Santos; Rafael Carioca, Giovanni Augusto (Cárdenas) e Leandro Donizete; Thiago Ribeiro (Josué), Carlos (Maicosuel) e Lucas Pratto. Técnico: Levir Culpi.

CORITIBA – Bruno; Rodrigo Ramos, Luccas Claro, Weliton e Henrique; Alan Santos (Marcos Aurélio), João Paulo, Thiago Galhardo e Lúcio Flávio (Paulinho); Raphael Lucas (Misael) e Wellington Paulista. Técnico: Ney Franco.

GOLS – Thiago Ribeiro, aos 45 minutos do primeiro tempo; Thiago Ribeiro, aos 21 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Carlos, Leonardo Silva e Douglas Santos (Atlético-MG); Lúcio Flávio, Thiago Galhardo, Alan Santos e Luccas Claro (Coritiba).

ÁRBITRO – Bráulio da Silva Machado (SC).

RENDA – R$ 430.060,00.

PÚBLICO – 12.309 pagantes.

LOCAL – Estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).