O atacante colombiano Miguel Borja está fora da última partida do Palmeiras nesta temporada contra o Atlético Paranaense, em Curitiba, pela 38.ª e última rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador foi submetido nesta quarta-feira a cirurgia na região inguinal (virilha), procedimento simples e de rápida recuperação, mas que o fará ser desfalque neste domingo.

A tendência é Deyverson ser acionado para o jogo. O técnico interino Alberto Valentim também não poderá contar o zagueiro Edu Dracena e o volante Felipe Melo, ambos suspensos pelo terceiro cartão amarelo. O grande interesse do Palmeiras na partida é manter a segunda colocação no Brasileirão, posição que disputa contra Santos e Grêmio. A diretoria mira o vice-campeonato para receber uma premiação maior da CBF, de cerca de R$ 11 milhões.

Nesta quarta-feira, o elenco voltou aos treinos depois de um dia de folga. No trabalho, somente quem não foi titular na vitória por 2 a 0 sobre o Botafogo, na última segunda, no estádio Allianz Parque, em São Paulo. Os titulares permaneceram só na área interna para trabalhos regenerativos e só vão a campo nesta quinta pela manhã, em atividade fechada à imprensa.

O dia de trabalho teve como novidade a presença de um dos auxiliares do técnico Roger Machado. Roberto Ribas pela primeira vez acompanhou um treino do time. O treinador, por sua vez, passou a tarde reunido com a diretoria para cuidar do planejamento da próxima temporada.