O meio-campista Arrascaeta foi submetido a uma cirurgia no joelho esquerdo nesta sexta-feira e deve ter alta no período da noite. De acordo com o médico Márcio Tannure, o procedimento foi bem-sucedido e o jogador do Flamengo deve iniciar a fisioterapia já neste sábado.

“O atleta Arrascaeta terminou agora o procedimento cirúrgico para fazer o reparo do menisco do joelho esquerdo e do ligamento colateral medial. A cirurgia foi realizada com êxito, dentro do esperado, e o atleta terá alta hoje à noite (sexta-feira), explicou o médico.

O uruguaio sofreu a lesão durante o empate por 1 a 1 com o Grêmio, na noite de quarta-feira, em Porto Alegre, no jogo de ida da semifinal da Copa Libertadores. Tannure não informou o provável tempo de recuperação, mas a estimativa inicial era de afastamento por 30 dias.

Assim, o jogador se torna desfalque certo para o jogo de volta da semifinal, no dia 23 de outubro, no Maracanã. “A partir de amanhã sábado, ele já inicia processo de fisioterapia acompanhado pelos fisioterapeutas do Clube de Regatas do Flamengo. A partir de segunda-feira se apresenta no Ninho do Urubu para dar seguimento a esse processo de fisioterapia junto aos fisioterapeutas do clube”, declarou o médico.

A ausência de Arrascaeta preocupa o técnico Jorge Jesus, uma vez que o meia tem sido um dos principais destaques da equipe na temporada. O uruguaio marcou 14 gols e deu 11 assistências em 39 jogos. A contusão sofrida pelo uruguaio é similar a de Vitinho, que se machucou em julho durante partida contra o Corinthians, em Itaquera, e ficou cerca de um mês fora.

Reserva de Arrascaeta, Diego ainda se recupera de uma fratura no tornozelo esquerdo, sofrida na derrota por 2 a 0 contra o Emelec, pelas oitavas de final da Libertadores, e também está fora de combate. O atacante colombiano Berrío e o jovem Reinier são opções.