O Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), confirmou ontem a decisão dos comissários técnicos e desportivos, que desclassificaram os três pilotos que correm com o caminhão Ford na 5.ª etapa do brasileiro de Fórmula Truck em Londrina, no dia 27 de julho: o paulista Djalma Fogaça, o pernambucano Beto Monteiro e o paranaense Leandro Totti. Com a decisão – 8 a 1 a favor da desclassificação -, o título da temporada de 2003 cai antecipado nos braços do paranaense Wellington Cirino, que vinha liderando o campeonato depois da sua terceira vitória consecutiva no início de novembro, em Tarumã RS.

Os três pilotos dos caminhões Ford Cargo perderam definitivamente seus pontos da prova de Londrina.

Cirino consegue seu segundo título na Fórmula Truck, primeiro em 2001, somando 149 pontos contra 105 de Djalma Fogaça e Renato Martins empatados.