Alan Bahia já tem sua posição garantida.

O técnico Levir Culpi praticamente definiu ontem o time do Atlético para enfrentar o Santos, às 18 horas de amanhã, na Arena.

O treinador irá manter o mesmo esquema tático com três zagueiros e as novidades serão as voltas do goleiro Diego, do volante Alan Bahia, do meia William e dos atacantes Ilan e Washington. Com meio time de retorno, o Rubro-Negro aposta na forte marcação para parar o poderoso Peixe, na sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

“Temos que ter muito cuidado atrás porque o time do Santos é muito rápido, forte no contra-ataque, mas, a gente tem que se impor dentro de casa, diante da nossa torcida”, analisa o atacante Washington, de volta após quase um mês afastado dos gramados. No entanto, ele diz que a equipe não pode deixar de lado o ataque. “A marcação vai ser muito forte, mas estaremos sempre buscando o ataque para fazer os gols e conquistar a vitória”, aponta.

A escalação oficial só sai momentos antes da partida. O treinador atleticano não quer revelar suas armas para o adversário, mas não deve fugir da base, que vem treinando no CT do Caju. Hoje, ele comando mais um treinamento tático para acertar os últimos detalhes e definir o time. As maiores preocupações dele são as bolas paradas, na defesa e no ataque. Culpi também deverá instruir alguns jogadores para acompanharem o habilidoso Robinho. O provável time de Levir deverá ter Diego; Marinho, Fabiano e Ígor; Fernandinho, Alan Bahia, William, Jádson e Marcão; Ilan e Washington.

Contratação

O meia Morais deverá ser apresentado pelo Atlético nos próximos dias. O jogador resolveu sua situação com o Vasco da Gama e está apto a se transferir para o CT do Caju. O jogador foi uma indicação do técnico Levir Culpi, que acompanhou o desempenho do atleta enquanto esteve no Botafogo. Depois do volante Pingo e do meia, o Rubro-Negro deve correr atrás de um lateral-direito para reforçar sua equipe. O primeiro da lista é Baiano, mas o Palmeiras não quer liberar o jogador.

Uma orientação especial aos torcedores

O Atlético começa, a partir de amanhã, a orientar os torcedores que forem à Arena. A intenção do clube é cumprir à risca o Estatuto do Torcedor e implantar uma nova relação com a sua torcida. Gradativamente, os dirigentes querem criar a cultura do público sentar exatamente no lugar para o qual ele adquiriu o ingresso.

No jogo contra o Santos, o torcedor já será encaminhado e instruído a permanecer no setor do qual ele possui o bilhete. Se ainda não for possível se sentar no local correto, pelo menos no setor constante do ingresso.

Além dos orientadores do clube, o torcedor também poderá se localizar no estádio através da sinalização. Foi implantada farta comunicação visual para auxiliar a platéia a encontrar a boca de entrada das bancadas.

Para facilitar os trabalhos, o torcedor precisa ficar atento às informações constantes nos bilhetes: nome do setor, nível, boca de entrada, fila e número da cadeira. Além disso, o clube pede que os torcedores mantenham em mãos o ticket durante todo o jogo. Isso irá ajudar aqueles que se levantarem para ir ao banheiro ou à praça de alimentação, diz o informe expedido.

Ingressos

Já estão à venda as entradas para Atlético x Santos (às 18 horas de amanhã, na Arena) nas bilheterias da Arena, loja Agroplantas e Sementes, Arena Store e quiosques do clube nos shoppings Curitiba e Total. A cadeira no setor dos sócios custa R$ 50,00 e nos demais setores R$ 15,00. Estudantes, crianças até 12 anos e idosos têm 50% de desconto. Os ingressos para a torcida visitante estarão à venda somente nas bilheterias do Estádio Joaquim Américo.