O esperado equilíbrio na semifinal da Superliga masculina de vôlei se confirmou na noite deste sábado, na primeira partida da série melhor de três jogos entre Cimed e Pinheiros/Sky. Em Florianópolis, a equipe da casa teve que vencer uma batalha de quase três horas para ficar com a vitória no tie-break, por 3 sets a 2 (25/19, 31/33, 25/18, 14/25 e 16/14). Com isso, abriu 1 a 0 no confronto.

Buscando o tricampeonato e a classificação à quinta final seguida, a Cimed começou melhor o jogo no Ginásio Capoeirão. Liderada pelo oposto Bob, a equipe venceu o primeiro set com tranquilidade. Mas tudo mudaria na segunda parcial, que teve mais de uma hora de duração. Mesmo com o time catarinense vencendo por 23/21, o Pinheiros foi buscar a virada e conseguiu empatar a partida.

A reação, porém, não se seguiu no terceiro set, vencido pela Cimed, que relaxou na quarta parcial. Sem dar chances para o time da casa e com boa atuação de Giba, o Pinheiros empatou novamente o jogo e levou a decisão para o tie-break. No set final, a equipe paulista chegou a abrir 3/1, mas viu a Cimed reagir, passar à frente e administrar a vantagem para confirmar a vitória.

Maior pontuador do jogo, com 27 acertos, Bob destacou a maturidade do time catarinense. “A Cimed está bem preparada para esta semifinal. Acreditamos muito no potencial do nosso time. Estamos fazendo um bom trabalho. O time está coeso e joga bem assim. Espero que continuemos rendendo dessa forma”, comentou o jogador.

Pelo lado do Pinheiros, o também oposto Léo foi o melhor, com 19 pontos, e admitiu a dificuldade do confronto. “Sabíamos que jogar contra a Cimed aqui em Florianópolis seria difícil. Para vencer, temos que atuar todos os sets sempre no nosso máximo”, pediu Léo. “Não tem nada perdido. Ainda temos duas oportunidades de vencer e vamos em busca dessas duas vitórias.”

As equipes voltam a se enfrentar na próxima quinta-feira, em São Paulo. O Pinheiros precisa vencer para evitar eliminação, enquanto a Cimed está a uma vitória da decisão. Na outra semifinal, no confronto mineiro, o Montes Claros/Funadem lidera a série diante do Sada Cruzeiro por 1 a 0.