Atual tetracampeã da Superliga Masculina de Vôlei, a Cimed (SC) não teve trabalho para estrear com vitória na competição desta temporada. No ginásio Capoeirão, em Florianópolis, o time catarinense derrotou o Fátima/Medquímica/Sogipa (RS) por 3 sets a 0 – com parciais de 25/21, 25/20 e 27/25, em 1 hora e 35 minutos de partida. O maior pontuador foi o oposto Bob, da Cimed, com 17 acertos e eleito o melhor do jogo. Pela Fátima/Medquímica/Sogipa, quem mais marcou foi o ponteiro Clinty, com 16 pontos.

“Para a estreia foi uma boa partida. Do outro lado tinha uma equipe experiente. Mas conseguimos começar com o pé direito. Esperamos fazer uma grande campanha durante a fase classificatória para chegamos a mais uma final. Sabemos que será difícil porque temos oito equipes com condições de ser campeã. Estamos no começo da preparação e temos muito que crescer”, afirmou levantador Bruno, que admitiu uma pequena acomodação da equipe no terceiro set.

Além de Bruno, a Cimed tem outro jogador que conquistou o título mundial com a seleção brasileira, em outubro, na Itália. É o ponteiro João Paulo Tavares, que está de volta ao vôlei brasileiro. “Quero muito esse título da Superliga que ainda não tenho. Estamos trabalhando forte para chegarmos bem nos playoffs. Ainda falta bastante tempo e precisamos trabalhar, aos poucos, para chegarmos bem”, destacou.

O próximo jogo da Cimed será neste sábado, quando enfrentará o Volta Redonda (RJ), novamente em Florianópolis. A equipe do Rio de Janeiro também vem de uma vitória na primeira rodada sobre o Soya/Blumenau/Martplus (SC). Já a Fátima/Medquímica/Sogipa fará seu primeiro jogo diante de sua torcida – no próximo dia 18 contra o BMG/Montes Claros (MG), em Porto Alegre.