Que tal conhecer a história da fundação de Curitiba sobre duas rodas? A aventura vai acontecer neste sábado durante a 7.ª edição do Ciclolazer, programa da Prefeitura que incentiva as pessoas a conhecerem a cidade pedalando. O roteiro muda a cada passeio e, desta vez, o destino é a Vilinha, o primeiro povoado de Curitiba construído por desbravadores portugueses na região do Bairro Alto.

O percurso será de 25 km e inclui os bairros Água Verde, Rebouças, Jardim Botânico, Cajuru, Capão da Imbuia, Tarumã e Bairro Alto. O ponto de partida, como nos passeios anteriores, é a Praça Afonso Botelho (do Atlético), às 15h15.

O convite para participar do passeio, organizado pela Secretaria Municipal do Esporte e Lazer, está aberto a toda população. A única recomendação é de que, por segurança, os ciclistas usem capacete. Em todo o trajeto os participantes vão contar como apoio da Diretran.

O passeio promete muita animação e a oportunidade de conhecer pontos pitorescos da cidade. Como não há pressa em chegar ao destino final, durante o trajeto serão feitas várias paradas, para que funcionários da Prefeitura forneçam informações sobre fatos interessantes da cidade. Ao chegar na Vilinha, por exemplo, os ciclistas vão conhecer um pouco mais sobre o que atraiu os portugueses para as margens do Rio Atuba.

O Ciclolazer acontece sempre no 3.º sábado de cada mês. No último passeio, realizado no dia 17 de abril, os ciclistas foram até o Bosque Reinhardt Maack, no Vila Hauer.

Os roteiros dos passeios incluem os 75 bairros da cidade passando sempre por locais históricos, incluindo parques, bosques, praças e os limites geográficos de Curitiba.

À noite

Para quem gosta de pedalar, uma outra opção é reservar as noites de quinta-feira para o Bike Night, programa iniciado há quatro anos por um grupo de amigos e que ganhou o apoio da Prefeitura. Todas as semanas o passeio reúne cerca de 100 pessoas.

O Bike Night hoje é organizado pela secretaria em parceria com a Bike Line, empresa que coordena passeios ecológicos para ciclistas no Paraná e Santa Catarina. A concentração é sempre na Praça Garibaldi, às 20h de quinta-feira. Em média são percorridos 20 quilômetros num período de duas horas.

Todos os passeios são acompanhados por motociclistas da Diretran e por um Kombi de apoio para o transporte de bicicletas ou atletas que tenham problemas no percurso.