enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Ciclismo recebe apoio do Cates

  • Por Redação O Estado Do Paraná

Mesmo se perder o status de capital do ciclismo brasileiro, Curitiba não pode reclamar que ficou sem o melhor da festa. Desde o fim do ano passado, a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Smel) está trabalhando para ampliar o espaço de formação de novos atletas para a modalidade.

Um bom exemplo disso foi a implantação da disciplina de ciclismo em algumas unidades dos Centros de Aprimoramento de Talentos Esportivos (Cates), projeto criado para fomentar a formação e que atende às comunidades. Além do Cates, a Smel ainda tem o Programa Conviver, que abre espaço nas escolas municipais para a comunidade de seu entorno, incluindo assim a modalidade de ciclismo. “São alternativas para desenvolver várias atividades esportivas, incluindo o ciclismo”, explica o secretário Juliano Borguetti.

Outra ação da Smel foi ampliar os trabalhos no velódromo do Jardim Botânico, colocando à disposição das escolas de seu entorno três estagiários e dois professores de Educação Física, que se unem ao coordenador do espaço, o professor Adir Romeo.

Errata

Na matéria publicada sábado pela Tribuna, foi erroneamente informado que Juliano Borghetti já teria agendado uma reunião com a presidente da Fundação de Ação Social (FAS), Marina Taniguchi. Na verdade, Juliano ainda vai tentar agendar a reunião, onde fará a solicitação oficial do espaço na Praça Plínio Tourinho, para que sirva de sede para a seleção brasileira, quando estiver em treinamento na capital paranaense, além de servir como subsede da Confederação Brasileira de Ciclismo.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas