Chile, Romênia e Sérvia venceram os dois jogos que fizeram nesta sexta-feira (19) pelo playoff da Copa Davis e ficaram muito perto da classificação para o Grupo Mundial da competição. Agora, estes países precisam de apenas uma vitória para se garantirem na elite do tênis.

Em Bratislava, Novak Djokovic venceu seu jogo diante de Dominik Hrbaty por 3 sets a 0, com parciais de 6/2, 6/4 e 6/3. Mas a vitória mais importante dos sérvios sobre os eslovacos foi conquistada por Janko Tipsarevic. Ele superou Lukas Lacko por 3 sets a 2, em uma batalha de 4h18.

Em Bucareste, Crivoi venceu Amritraj por 3 sets a 1 (7/5, 5/7, 6/2 e 6/2) no primeiro jogo. Depois, Hanescu massacrou Devvarman ganhando por 3 a 0 (6/3, 6/1 e 6/0). A facilidade com que conquistou as vitórias mostrou que a Romênia não deve ter qualquer problema para superar a India.

Jogando em casa, o Chile não teve muita dificuldade para fazer 2 a 0. No primeiro jogo, Massu venceu Guccione por 3 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/4), 7/6 (7/5), 3/6 e 7/6 (7/2). Depois, com mais facilidade, Gonzalez fez 3 a 0 em Luczak (6/2, 6/2 e 6/3).

Jogando em Wimbledon, mas não na quadra principal, que está sendo reformada, Grã-Bretanha e Áustria empatam por 1 a 1. Os austríacos saíram na frente, com a vitória de Melzer sobre Bogdanovic por 3 sets a 1. Depois, Andy Murray bateu Alexander Peya, com facilidade, por 3 a 0, igualou o confronto.

Em duelo muito equilibrado, Holanda e Coréia do Sul terminaram o primeiro dia empatados por 1 a 1. O placar é o mesmo de Israel e Peru. Com isso, os dois confrontos vão ser decididos apenas no terceiro dia.