O ex-goleiro paraguaio José Luis Chilavert, acompanhado por empresários argentinos da empresa Oil Fox Neneka S.A., apresentou nesta quarta-feira (22) ao Ministério da Agricultura e Pecuária do Paraguai um projeto para investir US$ 50 milhões em uma usina de biodiesel no país.

Um dos executivos, Jorge Kaloustian, disse a uma rádio local que a produção do biocombustível se daria a partir de sementes de tartago, e garantiu que isso poderá beneficiar cerca de 10 mil agricultores, já que seriam necessários pelo menos 100 mil hectares de cultivo da planta.

Chilavert, ex-goleiro e ex-capitão da seleção paraguaia, começou a se dedicar a projetos empresariais na América do Sul depois que se aposentou do futebol.

O ex-jogador já tem participação em uma usina na cidade de San Nicolas, na Argentina, e recentemente apresentou no Uruguai o projeto de fabricar biodiesel à base de algas.