Uma reviravolta nos tribunais permitirá que as eleições para a presidência da Federação Paranaense de Futebol (FPF) aconteça com duas chapas, neste sábado (21).

A chapa de oposição, liderada por Ricardo Gomyde, conseguiu uma liminar na Justiça para poder participar das eleições contra a chapa da situação, liderada pelo atual presidente, Hélio Cury.

O grupo liderado por Gomyde havia tido a sua candidatura indeferida pelo Conselho da FPF. Com a liminar, a chapa poderá concorrer a eleição, sob a pena de multa de R$ 100 mil e crime de desobediência à ordem judicial.

As eleições da FPF acontecem na manhã deste sábado (21), no Hotel Pestana.