Goiânia – Após terminar em sexto, no ano passado, o time do Goiás estréia hoje no campeonato brasileiro como uma incógnita para a sua torcida. O time, que agora é comandado por Péricles Chamusca, enfrenta o Paraná sem os alas ofensivos Paulo Baier (contratura muscular) e Jadilson (gripado). Do veloz time do ano passado Chamusca manteve para o jogo de hoje o goleiro Harlei e os meias Rodrigo Tabata e Jorge Mutt – que jogará na lateral-esquerda.

Mas pretende surpreender o Paraná com jogadores desconhecidos, mas considerados criativos, saídos de equipes do interior do País. São os casos dos meias-atacantes Lei (ex-Ferroviária-Araraquara) e Juliano (ex-Aparecidense), o zagueiro Leone (ex-Ituano) e o volante Júnior (ex-Crac).

O técnico garante que apesar das limitações, o time deverá evoluir a partir da metade do campeonato e a meta é obter uma vaga na Libertadores.