O São Paulo teve várias novidades na reapresentação do elenco nesta segunda-feira após folgar no domingo. O time contou pela primeira vez com as presenças de Centurión e Dória, últimos jogadores contratados e apresentados. A dupla fez as atividades com o restante do elenco e espera apenas a regularização da documentação para estrear.

Centurión já vinha realizando algumas atividades físicas separadas e se encontrava em estágio físico semelhante ao dos companheiros já que vinha realizando pré-temporada no Racing. Dória, por sua vez, vem em meio de temporada na França e jogava pela equipe B do Olympique de Marselha.

“Eu vinha treinando normalmente, aí e embarquei tendo um feito um treino ontem (domingo). Hoje fiz um treino na academia e depois fui para o campo. Estou me sentindo bem”, disse o defensor.

A diretoria agora corre contra o tempo para regularizar a situação de ambos para que eles possam estrear o quanto antes. Os jogadores fazem parte da equipe ideal imaginada pelo técnico Muricy Ramalho para a estreia na Copa Libertadores, no dia 18, possivelmente contra o Corinthians, que encaminhou a sua classificação para o Grupo 2 ao golear o Once Caldas por 4 a 0 no primeiro jogo da fase preliminar.

Existe, inclusive, a expectativa de que eles possam estar aptos a ser relacionados para o clássico contra o Santos, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pela quarta rodada do Campeonato Paulista. O jogo será o penúltimo antes da estreia no torneio internacional.

Além dos novos reforços, Muricy Ramalho ganhou as voltas de Souza e Breno às atividades. Em condição física bastante inferior aos companheiros, o zagueiro fez trabalhos específicos para concluir a recuperação do estiramento muscular sofrido na coxa esquerda. Souza, por sua vez, vinha treinando em três períodos para melhorar na pancada na canela esquerda sofrida contra o Flamengo no Super Series, um torneio amistoso, há duas semanas.