enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Ceará fora da estréia do Coritiba no Rio de Janeiro

  • Por Cristian Toledo

Estava escrito. O Coritiba estréia amanhã no campeonato brasileiro sem um de seus destaques na vitoriosa campanha do Paranaense. Com problemas no púbis, o lateral Ceará está fora da partida contra o Flamengo, às 16h, no Maracanã. E seu substituto, o jovem Tesser, entra com tanta disposição que até surpreende. Se depender da animação do novo titular, o Cori estréia com um bom resultado no Rio de Janeiro.

Tesser jogou apenas poucas partidas como titular na temporada, sempre quando Ceará se lesionou. Agora, ele ganha uma grande chance, já que o dono da posição está fora de combate por pelo menos três semanas. “O nosso pensamento é mantê-lo fora das partidas até a recuperação completa”, explica o médico Walmir Sampaio. Ceará está com uma inflamação no púbis, e a parada pode ser decisiva para evitar uma cirurgia.

Nada disso tem a ver com Tesser, que começou a semana podendo ser negociado com o futebol da Geórgia e termina como um dos onze coxas a entrar em campo no Maracanã. “Não posso me assustar, já que estreei no time profissional em uma fogueira”, relembra o jogador, que entrou no decorrer do primeiro Atletiba de 2002, realizado no Joaquim Américo.

Motivadíssimo, o lateral garante que não vai se amedrontar com o adversário. “É muito mais interessante enfrentar o Flamengo do que jogar partidas contra o Prudentópolis ou o Iraty”, disse Tesser, que sequer demonstra receio em enfrentar Athirson, um dos melhores laterais do País. “Se ele jogar, melhor, porque ele é conhecido. Eu já estou estudando uma forma de marcá-lo melhor”, comenta.

Pelo jeito, de motivação o Cori não vai penar. E não terá outros desfalques, pois Tcheco e Juninho, que preocupavam, foram liberados pelos médicos. “Com três jogadores lesionados, queria contar com pelo menos dois deles”, explica o técnico Paulo Bonamigo. Com isso, ele monta a equipe com o pensamento tático programado desde o início da semana, usando Pepo no meio-campo, jogando no lugar de Lima.

A intenção é melhorar a marcação de meio, sem no entanto renunciar ao ataque. “Eu e o Tcheco vamos nos revezar na ajuda ao ataque”, explica Pepo. “A gente pode ficar um pouco mais isolado, mas se acertarmos o contra-ataque vamos levar vantagem”, espera o atacante Marcel. “Nós temos que pensar nos pontos, tanto dentro quanto fora de casa. Vamos nos adequar ao estilo de jogo do nosso adversário, mas não vamos deixar de agredir”, confirma Bonamigo.

Primeira vez no Maracanã

Os jovens vão conhecer o maior do mundo. A garotada que forma a base do Coritiba campeão paranaense fará sua primeira partida no Maracanã, justamente contra o mitológico (ao menos na história) Flamengo, amanhã, às 16h. Do time titular, Tesser, Fabrício, Adriano, Pepo e Marcel ainda não jogaram lá. Para sorte deles, estará em campo um “especialista” no estádio. Quem senão ele, o “Senador” Roberto Brum.

Se dependesse do volante coxa, todos os que saíssem de Curitiba teriam os portões abertos no Rio de Janeiro. (CT)

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas