O técnico Mano Menezes deve ter mais opções para escalar o Cruzeiro nos próximos compromissos no Campeonato Brasileiro. Na manhã desta quinta-feira, o lateral-direito Ceará e o volante Willian Farias superaram a fase de transição entre o departamento médico e a volta aos treinos e foram liberados para trabalhar com os preparadores físicos do clube.

Willian Farias não atua pelo Cruzeiro desde derrota para o Santos em maio, mas agora está recuperado de uma lesão muscular na coxa direita. O próximo passo, então, será a recuperação do condicionamento físico para que ele esteja à disposição de Mano.

Já Ceará, após marcar um golaço na vitória por 2 a 0 sobre o Coritiba, ficou fora do compromisso seguinte do time no Campeonato Brasileiro – o empate por 0 a 0 com o Grêmio – em razão de dores no joelho direito, quando a sua vaga foi ocupada por Fabiano, que recebeu elogios de Mano e espera ser mantido entre os titulares mesmo com a recuperação do concorrente.

“Todo mundo está bem focado, trabalhando forte, esperando as oportunidades, consegui aproveitá-las, sempre soube da cobrança sobre mim. Sei também que tenho de melhorar a cada jogo e a cada treino. A confiança está aumentando. Mas temos de continuar trabalhando forte, com os pés no chão, sempre focados”, disse.

Sem perder há cinco jogos no Brasileirão, com três empates e duas vitórias, o Cruzeiro abriu uma vantagem de seis pontos para a zona de rebaixamento – é o 13º colocado, com 37. Fabiano, porém, alerta que a situação ainda não é confortável e pede atenção para o confronto com o Atlético Paranaense, na próxima quarta-feira, na Arena da Baixada, pela 30ª rodada.

“Ainda não estamos bem, porque nos encontramos em situação delicada. São seis pontos do z4, e precisamos de pontuar. Sabemos da responsabilidade a cada partida. Os três pontos fora de casa são fundamentais nesse momento. Com o crescimento da equipe, você consegue crescer junto. A equipe vem jogando bem, vem evoluindo e isso te deixa mais confiante. Todos estão aproveitando a oportunidade, treinando forte, jogando ou não. O grupo está bem unido e concentrado, sabendo da responsabilidade que temos para sair dessa situação ainda incômoda na tabela”, disse.