O Ceará conquistou na tarde deste sábado a quarta vitória consecutiva na Série B do Campeonato Brasileiro. Jogando no Castelão, em Fortaleza, o time da casa bateu o Náutico por 2 a 1, pela 12.ª rodada. O atacante Rafael Costa chegou até a perder um pênalti no final do primeiro tempo.

Com o placar, o Ceará assumiu a vice-liderança isolada, com 23 pontos, mas ainda atrás do Vasco, que tem 28. O time se aproveitou dos empates de Atlético-GO e Criciúma na sexta-feira, terceiro e quarto colocados, respectivamente, para ascender na classificação. Já o Náutico caiu para a oitava posição, com apenas 18 pontos.

O time da casa conseguiu abrir o placar aos 30 minutos. Em disputa no alto, Jefferson Nem levantou demais o pé em Richardson e o árbitro marcou falta. Na cobrança, o próprio Eduardo pegou distância e mandou a bola no ângulo do goleiro Júlio César, em chute com a perna esquerda.

Pouco tempo depois os cearenses chegaram mais uma vez ao gol, dessa vez em um contra-ataque. Aos 40 minutos, Wescley carregou no meio-de-campo, puxou a marcação e viu Bill entrando nas costas da zaga. Ele lançou entre os marcadores e deixou o centroavante livre para marcar. O camisa 18 dominou, tocou por cima do goleiro e já correu para a linha de fundo em comemoração.

Ainda primeira etapa, o próprio Wescley recebeu dentro da grande área e tentou um lençol no volante Gustavo Henrique, que parou o lance com o braço e viu o árbitro assinalar o pênalti. Na cobrança, Rafael Costa ajeitou a bola, correu para a marca da cal e bateu fraco, nas mãos de Júlio Cesar.

E a máxima do futebol prevaleceu em Fortaleza: quem não faz, toma. Logo aos quatro minutos da segunda etapa, Renan Oliveira lançou para Rony, que partiu para dividir com Éverson, mas ganhou do goleiro com um toque sutil. Sem ninguém a sua frente, ele só ajeitou o corpo e balançou as redes para o Náutico.

Os dois times voltam a campo já na próxima terça-feira, pela 13.ª rodada. O Náutico recebe o Luverdense na Arena Pernambuco em São Lourenço da Mata, às 20h30. Mais tarde, às 21h30, o Ceará viaja até Bragança Paulista, onde vai enfrentar o Bragantino no estádio Nabi Abi Chedid.

FICHA TÉCNICA:

CEARÁ 2 X 1 NÁUTICO

CEARÁ – Everson; Eduardo, Valdo, Charles e Thalysson; João Marcos, Richardson, Felipe e Wescley (Marino); Rafael Costa (Rafinha) e Bill (Ricardinho). Técnico: Sérgio Soares.

NÁUTICO – Júlio César; Joazi, Rafael Pereira, Eduardo e Henrique (Renan Oliveira); Gustavo Henrique, Gastón Figueira, Roni e Caíque (Hugo); Jeferson Nem e Bérgson (Odilávio). Técnico: Alexandre Gallo.

GOLS – Eduardo, aos 30 minutos, e Bill, aos 40 minutos do primeiro tempo. Rony, aos 4 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Igor Junio Benevenuto (MG).

CARTÕES AMARELOS – Thallyson e Bill (Ceará); Gustavo Henrique (Náutico).

RENDA – R$ 213.098,00.

PÚBLICO – 15.594 pagantes.

LOCAL – Arena Castelão, em Fortaleza (CE).