Um dia após a derrota para a Alemanha, a CBF anunciou nesta quinta-feira mais três amistosos da seleção brasileira para o segundo semestre do ano. O time do técnico Mano Menezes enfrentará Egito, Gabão e Costa Rica, sendo que ainda poderá encarar a Inglaterra em novembro.

O confronto com os egípcios será disputado no dia 6 de setembro, no Cairo. Em outubro, o adversário será a Costa Rica, no dia 7. Na sequência, o Brasil vai duelar com o México, no dia 11, em Torreón, em amistoso que já estava confirmado anteriormente pela CBF.

O jogo contra o Gabão será realizado no dia 11 de novembro, no país africano. E no dia 15 do mesmo mês, os brasileiros poderão enfrentar Suíça ou Inglaterra, em confronto ainda não acertado – de qualquer maneira, aconteceria em alguma cidade suíça.

Ainda neste ano, a seleção terá dois confrontos com a arquirrival Argentina. As duas equipes vão disputar o Superclássico das Américas – a antiga Copa Roca -, no dia 14 de setembro, em solo argentino, e no dia 28 de setembro, no Estádio Mangueirão, em Belém.

Logo após a Copa América, a CBF chegou a anunciar amistosos contra Espanha e Itália, últimas campeãs mundiais, para as datas reservadas pela Fifa em novembro. Como não houve acordo com as federações dos dois países, a entidade agendou as partidas contra Gabão e Suíça ou Inglaterra.

E mudança na agenda de amistosos para o segundo semestre deve ajudar o técnico Mano Menezes, que vem sofrendo diante de grandes forças do futebol mundial desde que assumiu a seleção brasileira – perdeu para Argentina, França e Alemanha, além do empate com a Holanda.