A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta quarta-feira que a Taça das Bolinhas será entregue ao São Paulo, por considerar o clube como o primeiro pentacampeão do Brasileirão. Assim, o Flamengo foi preterido na polêmica disputa e o troféu irá para o Morumbi.

O presidente da CBF, Ricardo Teixeira, solicitou um parecer do departamento jurídico da entidade para resolver a polêmica. E, diante do relatório, ele anunciou a decisão durante uma assembleia nesta quarta-feira com representantes das federações estaduais.

A Taça das Bolinhas seria entregue ao clube que conquistasse pela primeira vez cinco títulos do Campeonato Brasileiro alternados ou três consecutivos. Mas, diante da polêmica edição de 1987 da competição nacional, Flamengo e São Paulo passaram a pleitear o troféu.

Em 1987, o Flamengo conquistou o título do módulo verde da Copa União (que era a primeira divisão) e o Sport venceu o módulo amarelo (equivalente à Série B). Para a CBF, no entanto, o campeão brasileiro daquele ano foi o clube pernambucano, já que não houve o quadrangular final previsto no regulamento.

 

Assim, contando com o polêmico título de 1987, o Flamengo teria sido em 1992 o primeiro pentacampeão brasileiro – ganhou também em 1980, 1982 e 1983. Mas, para a CBF, a honraria cabe ao São Paulo, que venceu em 1977, 1986, 1991, 2006 e 2007 e leva agora a Taça das Bolinhas.