O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, avisou que o Brasil não irá enfrentar a Bolívia em La Paz, em partida das Eliminatórias da Copa de 2010 que está marcada para outubro de 2009. Segundo ele, a decisão foi tomada para respeitar as novas regras da Fifa para jogos internacionais na altitude.

A cidade boliviana de La Paz fica a 3.600 metros acima do nível do mar, altitude em que a Fifa exige um período de aclimatação de duas semanas para os jogadores da seleção visitante. E, como o Brasil não terá esse tempo antes do jogo das Eliminatórias, Ricardo Teixeira já avisou que irá cumprir a determinação da Fifa.

"O Brasil não joga em La Paz, de acordo com o que a Fifa decidiu. Não temos tempo para aclimatação. E não vamos, irresponsavelmente, colocar em risco a saúde dos jogadores da seleção", afirmou Ricardo Teixeira.

Apesar da determinação do presidente da CBF, o tema ainda deve causar polêmica, pois a Conmebol decidiu não acatar a decisão da Fifa com relação à altitude e liberou a realização dos jogos das Eliminatórias em La Paz e outras cidades que fiquem acima do limite de 2.750 metros.