O grid das 500 Milhas de Indianápolis da Fórmula Indy, uma das provas mais tradicionais do automobilismo mundial, foi definido na tarde deste domingo e contou com Ed Carpenter conquistando a pole position. O piloto norte-americano da EC Racing (equipe própria), que já dominara os treinos de sábado para a corrida, confirmou favoritismo para ficar com a primeira posição ao cravar o tempo de 2min35s799.

Três vezes vencedor das 500 Milhas de Indianápolis, o brasileiro Hélio Castroneves garantiu o quarto posto do grid ao marcar 2min36s081. Ele ficou logo atrás do seu companheiro de Penske, o australiano Will Power, que cronometrou 2min36s048. O canadense James Hinchcliffe, da Andretti, foi o segundo colocado com o tempo de 2min35s952.

Já Tony Kanaan, outro piloto brasileiro a participar desta edição das 500 Milhas, marcada para acontecer no próximo domingo, foi apenas o 16º colocado ao percorrer sua melhor volta em 2min36s575 com a Ganassi. Assim, ele terá dura missão para fazer boa prova como no ano passado, quando ganhou pela primeira vez em Indianápolis.

Assim, o atual campeão da cobiçada corrida esteve bem longe do pelotão dos dez primeiros colocados do grid. Atrás do quarteto Carpenter, Hinchcliffe, Power e Castroneves, Simon Pagenaud (Schimdt Peterson), Marco Andretti (Andretti), Carlos Muñoz (Andretti), Josef Newgarden (Fisher Hartman), JR Hildebrand (EC Carpenter) e Juan Pablo Montoya (Penske) fecharam, nesta ordem, o grupo dos dez primeiros. Ou seja, com o veterano Montoya em décimo e Muñoz em sétimo, a Colômbia terá dois pilotos no Top 10 do grid das 500 Milhas.

O neozelandês Scott Dixon, que faturou a cobiçada corrida de Indianápolis em 2008, conquistou a 11ª posição do grid. A corrida do próximo domingo tem largada marcada para acontecer às 13 horas (de Brasília).