O técnico Paulo César Carpegiani não poupou críticas ao zagueiro Alex Silva nesta quarta-feira, um dia depois de o jogador reclamar, por meio de sua página no Twitter, de ter sido sacado da equipe titular para a entrada de Xandão. O treinador confirmou que o defensor ficará na reserva diante do Ituano, nesta quinta-feira, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista, depois de ele ter faltado aos treinos de sexta e sábado, alegando que o seu filho estava doente.

O comandante reclamou da forma com a qual Alex Silva tratou de suas ausências, lembrando que o jogador já faltou a treinos em outras oportunidades. Carpegiani ficou irritado com a demora do atleta em comunicar sobre as faltas.

“Se eu for comunicado não haverá problema nenhum. Eu adoro criança. Entendo perfeitamente. Mas no momento em que não souber do que está acontecendo, aí não é bom. Ele me ligou logo depois que eu fui comunicado [da falta ao treino]. Alguém ficou sabendo e avisou ele. Não sei quem é essa pessoa”, disse Carpegiani.

Alex Silva foi descartado do confronto contra o São Caetano, no último sábado, no ABC paulista, e no mesmo dia teria de comparecer ao clube pela manhã para fazer um trabalho agendado para os jogadores não relacionados para o duelo. Depois de não aparecer, ligou apenas na tarde do mesmo dia para Carpegiani para informar que não pôde ir ao treino por causa do problema de saúde do seu filho.

Já na terça-feira, depois de saber que ficaria na reserva contra o Ituano e Xandão voltaria a ser titular, Alex Silva não escondeu o seu descontentamento e expressou revolta por meio da seguinte frase no Twitter: “Galera tricolor, tive que ausentar por dois dias por problemas de saúde com meu filho. Deve ser esse o porquê de o treinador optar pelo Xandão e deixar eu de fora”.

Carpegiani, porém, lembrou que essa “não foi a primeira, nem a segunda, nem a terceira vez que ele faltou” a treinos. Ao mesmo tempo, porém, o treinador negou que aplicará qualquer tipo de punição ao atleta e disse que a opção por voltar a escalar Xandão visa o seu planejamento a longo prazo, já que Miranda deixará o clube no meio do ano para defender o Atlético de Madrid e o próprio Alex Silva, com contrato perto de expirar, poderá dar adeus ao Morumbi.

“O Alex Silva é um dos efetivos (titulares) da equipe. No domingo (contra o Santo André, no Morumbi), eu coloco ele e o Rhodolfo. Tenho de estar pronto para responder se terá necessidade da contratação neste setor”, reforçou o treinador, lembrando que Miranda deixará a equipe titular no domingo.