O meia Carlos Alberto foi mais uma vez absolvido da acusação de doping, desta vez pelo Pleno, a última instância do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio (TJD-RJ). O jogador tinha sido absolvido em 22 de maio na primeira instância, mas a procuradoria entrou com recurso. Nesta quinta-feira, o processo foi impugnado e Carlos Alberto, absolvido.

Antes que começasse o julgamento pela acusação de doping, a advogada do meia, Luciana Lopes, destacou uma liminar para a impugnação do processo, que foi aceita pela maioria dos auditores. Por seis votos a três, os auditores consideraram os laudos dos exames do jogador imprestáveis e, com isso, o atleta segue absolvido da acusação de doping.

Também nesta quinta, o diretor de futebol do Vasco, Ricardo Gomes, afirmou que deve se reunir com Juninho Pernambucano na semana que vem. O jogador rescindiu na quarta o contrato com o New York Red Bull e pode voltar ao clube carioca.

“Na segunda ou na terça vamos nos encontrar. Vou conversar com ele e, dependendo do que acontecer, vou falar com o Paulo (Autuori). Precisamos saber se ele está realmente interessado em continuar a jogar. Se sim, vamos tentar chegar a um acordo”, disse.