O lateral-esquerdo Thiago Carleto demorou quase um mês para fazer sua estreia pelo São Paulo. Depois de chorar na apresentação, no último dia 20 de fevereiro, o jogador começou como titular na vitória por 2 a 1 sobre o Rio Branco, neste domingo, no Morumbi. Com dois chutes perigosos a gol no primeiro tempo, Carleto aprovou sua primeira atuação com a camisa do time tricolor.

“Me senti muito bem. Fiz um primeiro tempo brilhante, mas no segundo tempo as coisas não saíram como a gente queria. Mas é só começo do trabalho. Agora é dar sequência. A torcida ainda vai ouvir falar muito de mim”, garantiu o jogador de 20 anos, que tem contrato com o São Paulo até o meio de 2014.

O lateral contou que só ficou sabendo que ia jogar momentos antes da partida. “Descemos para almoçar e o Ricardo (Gomes, técnico são-paulino) veio falar comigo. Eu pensei em uma única coisa nesta hora: me doar ao máximo. As coisas vão acontecer. Procurei fazer o que o professor mandou”, disse Carleto.

Após a vitória sobre o Rio Branco, o próximo compromisso do São Paulo será pela Copa Libertadores, nesta quinta-feira, contra o Nacional, do Paraguai, novamente no Morumbi. Apesar de ter estreado como titular, Carleto está de fora da partida porque não está inscrito na competição continental.

ALÍVIO – Nesta segunda-feira, dois jogadores do São Paulo escaparam de uma punição maior no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) paulista e estão liberados para atuar no próximo domingo, contra o Mogi Mirim, no Morumbi. O meia Cléber Santana e o volante Wellington foram julgados por suas expulsões no empate com o Oeste e foram punidos com uma partida de suspensão, já cumprida.