Divulgação

La Jolla, México – O brasileiro Yuri Sodré marca a primeira nota 10 do WCT do México, quinta etapa da divisão de elite mundial. A competição começou nesta terça-feira em ondas de dois metros em La Jolla. Apesar da nota máxima, Yuri não conseguiu passar direto para a terceira fase e terá de disputar a repescagem.

O australiano Mick Fanning venceu e o sul-africano Greg Emslie ficou em segundo. Emslie abriu o confronto com um 9,00, mas Fanning tirou notas 8,83 e 9,27 e, com 18,10, liderou a bateria até o fim. O sul-africano totalizou 16,07 e Yuri, já na regressiva, tirou a nota 10, somando 15,83.

Primeiros resultados

1.º) Bruce Irons (HAV), 15,66; Bede Durbidge (AUS), 12,83; Peterson Rosa (BRA), 8,10. 2.º) CJ Hobgood (EUA), 14,83; Nathan Hedge (AUS), 11,50; Toby Martin (AUS), 10,74. 3.º) Taylor Knox (EUA), 15,67, Pedro  Henrique (BRA), 6,60; Paulo Moura (BRA), 5,94. 4.º) Joel Parkinson (AUS), 16,83; Roy Powers (HAV), 16,67; Tim Reyes (EUA), 14,57. 5.º) Mick Fanning (AUS), 18,10; Greg Emslie (AFS), 16,07; Yuri Sodré (BRA), 15,83.