O capitão Lúcio Flávio ainda não tem retorno assegurado no jogo do próximo sábado – às 21h, no Coaracy da Mata Fonseca -, em Arapiraca. O jogador já está afastado do time há mais de um mês, devido a uma lesão muscular sofrida no jogo frente à Chapecoense, no dia 17 de agosto. A previsão é que o meio-campista seja liberado esta semana para os treinos com bola e a partir de seu desempenho é que a comissão técnica saberá se poderá contar ou não com ele para o duelo com o ASA.

Um quadro parecido vive o zagueiro Anderson. Também liberado pelo departamento médico, ele fez trabalhos físicos na tarde de ontem e, dependendo da evolução ao longo dos próximos dias, poderá ser relacionado para o jogo em Alagoas. “Os dois estão recuperados das lesões. Agora, temos que avaliar as condições físicas para ver se eles poderão atuar já neste sábado ou não”, disse o médico Jonathan Zaze.

Já os laterais Roniery e Henrique seguem em tratamento e estão praticamente vetados para este fim-de-semana. Assim, a lateral-direita deverá ser ocupada por Moacir, que retorna após cumprir suspensão automática. O jogador – que vem alternando entre a lateral e o meio-de-campo – é uma das peças-chave do esquema de Dado Cavalcanti e um dos jogadores mais regulares da equipe. Caso possa contar com Lúcio Flávio e Anderson, o treinador poderia se aproximar novamente da equipe considerada titular, já que não tem outras baixas. Os treinos serão realizados em Curitiba até quinta-feira, dia em que a delegação segue para Maceió, onde Dado comandará a última atividade na sexta-feira.