enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Candidatas aos Jogos de 2020 se apresentam ao COI

As apresentações de Istambul, Madri e Tóquio foram as primeiras feitas

As três cidades que disputam o direito de sediar os Jogos Olímpicos de 2020 apresentaram nesta quarta-feira as suas propostas ao membros do Comitê Olímpico Internacional (COI), em encontro realizado em Lausanne, na Suíça, com a esperança de fortalecerem suas candidaturas e conquistarem apoios quando faltam dois meses para a escolha.

As apresentações de Istambul, Madri e Tóquio, realizadas na Assembleia Geral do COI, foram as primeiras feitas diretamente aos membros da entidade que votarão na escolha da sede da Olimpíada, que puderam conheceram os planos de cada uma das cidades candidatas. Cada delegação teve 45 minutos para realizar seus discursos e apresentar vídeos, com outros 45 minutos reservados para perguntas e respostas.

Dos 100 membros do COI, 86 deles acompanharam a sessão, que pode ter papel decisivo na definição da escolha da sede da Olimpíada de 2020. A votação para definir a cidade que vai sediar a primeira edição do evento após a realização dos Jogos de 2016 no Rio está marcada para o dia 7 de setembro, em Buenos Aires.

Madri, apesar dos graves problemas financeiros da Espanha, destacou que pretende gastar muito menos recursos em infraestrutura do que as outras candidaturas porque 80% das sedes para receber as competições já existem, garantindo que não há riscos na candidatura.

A apresentação de Madri causou impacto positivo nos membros do COI principalmente por causa da presença do príncipe Felipe, ex-velejador olímpico, que foi porta-bandeira da Espanha nos Jogos de Barcelona, em 1992, e encantou os membros com seu discurso.

Primeira cidade a fazer a sua apresentação, Istambul pode ter sido afetada na disputa pela sede da Olimpíada de 2020 pelos protestos antigovernamentais que aconteceram na Turquia no mês passado. O tema, aliás, foi comentado durante a apresentação de Istambul nesta quarta. Os dirigentes turcos também fizeram questão de ressaltar a solidez econômica da Turquia e o seu crescimento em ritmo acelerado, em um contraponto com as rivais.

Já Tóquio defendeu ser uma “opção segura” em um momento de incerteza mundial nos campos político e econômico e apresentou uma iniciativa internacional para apoiar o esporte no exterior e lutar contra o doping. Além disso, destacou o apoio popular e lembrou que a realização da Olimpíada pode significar a volta por cima definitiva do Japão, assolado recentemente por terremotos, seguidos de um tsunami.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas