A seleção masculina de vôlei do Canadá conseguiu um resultado histórico neste sábado. A equipe assegurou o terceiro lugar na Liga Mundial ao superar os Estados Unidos, de virada, por 3 sets a 1, com parciais de 18/25, 25/20, 25/22 e 25/21, em 1 hora e 51 minutos.

Se a classificação às semifinais já era o seu melhor desempenho na competição, a equipe canadense fez ainda melhor nesta noite na Arena da Baixada, em Curitiba, ao assegurar um lugar ao pódio ao lado das seleções do Brasil e da França ao derrotar os rivais norte-americanos.

John Gordon Perrin foi o principal destaque do triunfo do Canadá ao marcar 13 pontos, um a menos do que Taylor Sander para os Estados Unidos. E o duelo pelo terceiro lugar acabou sendo bastante equilibrado, com o excesso de pontos cedidos pelos norte-americanos – 37 a 27 – fazendo a diferença para os canadenses.

O Canadá se classificou para a fase final da Liga Mundial em quinto lugar, com cinco vitórias e quatro derrotas, sendo que um desses tropeços foi para o Brasil. E o revés para a seleção brasileira voltou a se repetir na sua estreia em Curitiba, por 3 sets a 1.

Só que, na sequência, o Canadá surpreendeu ao triunfar sobre a Rússia por 3 sets a 0, um resultado que determinou a sua classificação às semifinais da Liga Mundial, fase em que sucumbiu à França por 3 a 1. Agora, porém, garantiu o direito de subir ao pódio pela primeira vez na história da Liga Mundial.