Os dirigentes da Liga de Futebol Profissional da França (LFP) se reuniram nesta quinta-feira e decidiram adotar o sistema de tecnologia na linha do gol para o campeonato nacional. Como a edição de 2014/2015 está na reta final, a medida passará a valer a partir da próxima temporada.

O sistema é baseado na utilização de câmeras, que determinam se a bola ultrapassou a linha ou não. A mesma ferramenta já foi usada no Campeonato Inglês e a partir da próxima temporada será adotada também na Itália e na Alemanha. “Isto será financiado e supervisionado pela liga”, disse o presidente da LFP, Frederic Thiriez.

O mesmo sistema também foi utilizado na última Copa do Mundo, no Brasil, e foi fundamental em um jogo justamente da seleção francesa. Na estreia, na vitória por 3 a 0 sobre Honduras, um dos gols de Karim Benzema só foi confirmado depois que a ferramenta avisou o árbitro de que a bola havia entrado.

A discussão sobre o uso desta tecnologia ganhou força na França nas últimas semanas, depois que o Olympique de Marselha teve um gol, marcado por Lucas Ocampos, não validado porque o árbitro não viu que a bola ultrapassou a linha. Tratava-se de um duelo direto pela liderança com o Lyon, que poderia ter alterado o destino das equipes no Francês.