Reforço

Campeão pelo Paraná, Gustavo fala sobre retorno ao clube

O Paraná Clube entra na quinta rodada diante do Boa, sexta-feira, na Vila Capanema, apostando na identificação de atletas com o clube. Após eliminações no Campeonato Paranaense e Copa do Brasil, a equipe busca o equilíbrio na Série B e acredita em vitórias nos jogos dentro de casa para subir na tabela de classificação. Neste sentido, novas opções de atletas são bem aceitas pela comissão técnica paranista e, nos bastidores, a diretoria busca soluções inteligentes para fechar o plantel com qualidade, atendendo às necessidades técnicas sem gastar muito.

Nesta linha, a direção quer jogadores comprometidos e identificados com o Tricolor. No atual grupo, bons exemplos podem ajudar a enfrentar turbulências durante o ano como Marcos, Brinner, Lúcio Flávio e outros. E quem já estava treinando, mas aguardava a liberação para jogar é o zagueiro Gustavo. Aos 32 anos, o jogador retorna trazendo um currículo vencedor no próprio clube.

Em 2006, o defensor foi campeão estadual e ajudou o time a chegar à Libertadores no ano seguinte. Depois disto, jogou no Palmeiras, Cruzeiro, Vasco, Lecce (Itália), Portuguesa e por último estava no Qingdao Jonnon F.C, da China.

“Volto para casa onde passei um ano muito feliz e chego em uma outra situação, mas com o objetivo de levar o clube à Séria A. Conheço as dificuldades que teremos pelo caminho, tanto no campo como financeiro. A diretoria está trabalhando para honrar os compromissos, os problemas e nós dentro de campo vamos lutar até o final”, disse ele

O defensor tem mais bom motivo para ter novamente bons resultados. Reencontra o ex-jogador Roque Júnior, companheiro de Palmeiras em 2008, e hoje executivo de futebol do Paraná. “Quando surgiu a oportunidade não pensei duas vezes e estou muito feliz em voltar. O clube tem muitos meninos e nós temos que dar esta estrutura para os mais jovens. O Roque é uma pessoa séria e o grupo tem que estar comprometido”, afirmou ele, que terá a companhia de Brinner, André Vinicius, Anderson Rosa e o jovem Alisson no setor defensivo.