A eliminação precoce da Taça Rio, e consequentemente do Campeonato Carioca, não era o que o Botafogo esperava para o primeiro semestre de temporada. Com isso, a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil passa a ser “obrigação” e o técnico Caio Júnior pediu empenho aos jogadores para alcançarem este objetivo.

“Às vezes tem que acontecer algo negativo para você reconstruir uma equipe. Ficar de fora das semifinais da Taça Rio vira uma lição para a sequência do trabalho. Acreditamos na Copa do Brasil, torneio que desde que cheguei digo que é o nosso principal objetivo. Vamos dar o sangue nesta quarta-feira”, declarou.

Para o zagueiro Antônio Carlos, a equipe precisa de união para superar o momento difícil. “Muita coisa aconteceu nesse Campeonato Carioca. Agora o Botafogo vai se fechar ainda mais, se unir, se juntar para enfrentar os desafios. Teremos tempo para treinar, que é o que o Caio Júnior deseja. Precisamos ter a cabeça no lugar e focar no Avaí”, afirmou.

Um dos principais destaques da vitória por 3 a 1 sobre o América, no último domingo, Bruno Tiago lamentou a eliminação, mas repetiu o discurso de seu treinador e prometeu garra diante do Avaí. “Deixamos a desejar, infelizmente. Agora temos que levantar a cabeça. Há um jogo difícil contra o Avaí, precisamos de um resultado bom. Vamos com tudo”.

A partida entre Botafogo e a equipe catarinense acontece já nesta semana, na quarta-feira, em Florianópolis. A situação dos cariocas não é fácil, já que na primeira partida, no Rio de Janeiro, o Avaí conseguiu um empate por 2 a 2.