Falta pouco para a diretoria do Palmeiras se convencer de que Caio Júnior é mesmo o técnico ideal para comandar o time nos próximos três anos.

O novo contrato do clube com o treinador deverá ter esse tempo de duração, como foi o de Luiz Felipe Scolari na conquista da Libertadores de 1999.

Os profissionais que assumiram o clube pensam a médio e longo prazos e estão dispostos a segurar na equipe o treinador, independentemente de vitórias ou derrotas no campeonato.