O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) instaurou uma investigação contra as emissoras de televisão Globo, Fox, ESPN e Turner. O objetivo é saber se há infrações à economia nas relações entre os produtores de conteúdo esportivo com as operadoras de TV. A informação é do jornalista Rodrigo Mattos, do Uol.

“Considerando as potenciais restrições à concorrência derivadas dos contratos celebrados entre grupos econômicos, detentores de programadoras, e operadoras de TV por assinatura, sugere-se a instauração de um novo Inquérito Administrativo, nos termos dos artigos 13 e 66 e seguintes, da Lei Federal nº 12.529/2011 c/c os artigos 181 e seguintes do Regimento Interno do Cade (“Ricade”) em desfavor do Grupo Globo, Grupo Turner, Grupo Disney e Grupo Fox”, destaca a nota do Conselho.

+ Confira a tabela e a classificação do Brasileirão!

O Cade também solicitou informações para as emissoras sobre os contratos. As operadoras definem qual a remuneração de cada veículo, seguindo os critérios comerciais. Em resposta ao Cade, a Globo desqualificou as acusações e afirmou que as práticas são usuais.

+ Confira a tabela e a classificação da Série B!

“Por todo o exposto nas seções precedentes, não se identificam quaisquer razões fáticas, econômicas ou jurídicas a justificar o presente Inquérito em face do Grupo Globo, o qual se requer lhe seja arquivado de imediato”, ressalta a nota da Globo. As outras emissoras não falaram sobre o caso.

+ Atenção! Você está a um clique de ficar por dentro do que acontece em Curitiba e Região Metropolitana. Tudo sobre nossa regiãofutebolentretenimento horóscopo, além de blogs exclusivos e os Caçadores de Notícias, com histórias emocionantes e grandes reportagens. Vem com a gente!