O Brasil não tem apenas Marcelo Melo com chances de título em Wimbledon. O também mineiro Bruno Soares conseguiu, nesta quinta, a classificação às semifinais da chave duplas mistas. Ao lado da norte-americana Lisa Raymonds, o brasileiro forma a parceria cabeça de chave número 1 do torneio inglês. E confirmaram o favoritismo nas quartas de final ao bater os australianos John Peers e Ashleigh Barty por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (8/6) e 7/6 (7/4).

Na semifinal, nesta sexta, os principais favoritos ao título terão pela frente a dupla formada pela russa Vera Dushevina e pelo holandês Jean-Julien Rojer, que passaram pela parceria composta pelo indiano Rohan Bopanna e pela chinesa Jie Zheng por 2 sets a 1 – com parciais de 6/3, 3/6 e 6/3.

A outra vaga na final ficará entre a dupla formada pelo experiente canadense Daniel Nestor e pela francesa Kristina Mladenovic e a parceria cabeça de chave número 3 da competição, que é composta pelo sérvio Nenad Zimonjic e pela eslovena Katarina Srebotnik.

Este é o segundo torneio que Bruno Soares e Lisa Raymond atuam juntos. Os dois chegaram às quartas de final de Roland Garros, mas pararam em Marcelo Melo e na também norte-americana Liezel Huber. O brasileiro foi campeão de mistas no US Open do ano passado. Na chave de duplas masculina, Bruno Soares e o austríaco Alexander Peya foram batidos nas oitavas de final.