O Brasil não foi bem na manhã deste sábado nas eliminatórias dos 50 metros livre e peito femininos, ficando de fora das finais em ambas as provas. As primeiras brasileiras a caírem na piscina do Foro Itálico, em Roma, onde acontece o Mundial de esportes aquáticos, foram Flávia Delaroli e Tatiana Barbosa, que buscavam a classificação nos 50 metros livre.

Flávia fez apenas o 25.º melhor tempo, nadando a prova em 25s54. Já Tatiana foi a 29.ª colocada, com 25s64. A australiana Cate Campbell se classificou para a final com a melhor marca – 24s24 -, estabelecendo um novo recorde do Mundial. A sueca Therese Alshammar fez o segundo melhor tempo, enquanto a veterana norte-americana Dara Torres, de 42 anos, foi a sétima melhor colocada.

Nos 50 metros peito, Ana Carla Carvalho fez a marca de 31s38, ficando na 24.ª posição. Tatiane Sakemi também não fez um tempo suficiente para avançar à final e nadou a prova em 31s61, terminando na 27.ª colocação. A russa Yuliya Efimova se classificou com a melhor marca, seguida pela norte-americana Kasey Carlson. Compatriota de Carlson e uma das favoritas ao ouro, Rebecca Soni passou com o sexto melhor tempo.