enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Brasil tem 7 atletas no 1º dia do Mundial de Moscou

A primeira participação do País será na classificação do lançamento do disco

O Brasil terá sete atletas em ação no primeiro dia do Mundial de Moscou, que começa na madrugada de sábado. A primeira participação do País será na classificação do lançamento do disco, com a gaúcha Fernanda Borges, de 25 anos. Em seu primeiro Mundial, a campeã sul-americana entra no Estádio Luzhniki às 9 horas locais (2 horas de Brasília).

A principal expectativa é pela classificação do salto com vara masculino, às 3h15. A prova experimenta grande expansão no Brasil. Pela primeira vez, o País leva cinco saltadores para uma competição – três deles são homens.

O jovem Thiago Braz, de apenas 19 anos e em sua primeira temporada como adulto, bateu o recorde sul-americano às vésperas do Mundial, ao saltar 5,83 metros. Ele tirou a marca continental do amigo e conterrâneo Augusto Dutra (ambos são de Marília-SP), que fez 5,82 m na Alemanha, em junho. O outro brasileiro na prova é João Gabriel Sousa, que tem 5,61 m como recorde pessoal.

Thiago é o atual campeão mundial juvenil, título que conquistou em Barcelona no ano passado. Ele disse que a experiência de 2012 tem ajudado em Moscou. “O Mundial juvenil me preparou para estar aqui, me mostrou que tenho que estar focado, concentrado, é uma referência para o adulto”, afirmou.

Sem pressão por resultados devido à idade, Thiago diz que sua meta principal é ir à final. Para isso, estima ter que saltar entre 5,65 m e 5,70 m. “Para mim é um desafio. Não espero um bom resultado agora, mas, sim, para os próximos Mundiais. Estar na final vai ser bom para ver como é.”

Carlos Chinin, de 28 anos, que bateu o recorde sul-americano do decatlo no Troféu Brasil, em junho, disputa a primeira de suas cinco provas do dia às 2h35. Ele não compete em um Mundial desde Osaka/2007, quando se machucou durante a disputa.

Kleberson Davide, em seu quarto Mundial, participa das eliminatórias dos 800 metros, a partir das 4h20 – ele nunca conseguiu passar à final. A prova está desfalcada de seu principal astro, David Rudisha. O queniano, recordista mundial e campeão mundial e olímpico, sofreu uma lesão no joelho e não está em Moscou.

Joelma das Neves é a última brasileira a competir no primeiro dia do Mundial. Ela disputa as eliminatórias dos 400 metros rasos às 11h05.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas