A seleção brasileira masculina de basquete perdeu para a Espanha por 84 a 68, nesta terça-feira, na última rodada do Torneio Internacional de Logroño, na Espanha. Mas a derrota não foi o mais preocupante para o Brasil: o ala/pivô Anderson Varejão sofreu uma contusão no tornozelo e precisou deixar a quadra carregado pelos companheiros. Apesar de a gravidade do caso ainda não ter sido revelada, é mais um problema na preparação para o Mundial da Turquia, que começa no dia 28 de agosto.

Anderson Varejão é um dos principais jogadores da seleção, junto com o ala/armador Leandrinho e os pivôs Nenê e Tiago Splitter, os quatro brasileiros que jogam atualmente na NBA. Nenê e Tiago Splitter, inclusive, nem jogaram nesta terça-feira, também por causa de contusão.

Assim, sem seus dois principais pivôs e com o desfalque de Anderson Varejão nos minutos finais do jogo, o Brasil acabou perdendo para a Espanha, que é a atual campeã mundial e vice-campeã olímpica. Apesar da derrota, o cestinha da partida foi o brasileiro Marcelinho Machado, com 14 pontos.

Com forte jogo coletivo e mesmo poupando alguns de seus principais jogadores, a Espanha não teve dificuldades para derrotar o Brasil nesta terça-feira. O principal destaque individual da seleção espanhol foi Juan Carlos Navarro, que terminou com 13 pontos marcados.

Como já tinha perdido para a Argentina na segunda-feira, por 77 a 73, o Brasil terminou em último lugar no Torneio de Logroño. Enquanto isso, a Espanha levou o título da competição, depois de ter vencido também os argentinos no último domingo, quando fez 83 a 76.

Agora, depois da disputa na Espanha, a seleção brasileira embarca diretamente para a França, onde encara o Torneio Internacional de Lyon a partir de domingo. Lá, enfrentará Austrália, Ilhas Virgens e França na última competição de preparação para o Mundial da Turquia.

No Mundial, que acontecerá entre os dias 28 de agosto e 12 de setembro, o Brasil está no Grupo B, ao lado de Irã, Tunísia, Estados Unidos, Eslovênia e Croácia. E a expectativa é que consiga recuperar os jogadores contundidos para poder ter força máxima na disputa na Turquia.