O primeiro dia do European Open (antiga Copa do Mundo) de Oberwart, na Áustria, neste sábado, foi inteiramente dominado pelo Japão, que faturou as três medalhas de ouro disputadas. O Brasil foi ao pódio três vezes, com uma medalha de prata, de Felipe Kitadai, e duas de bronze, com Alex Pombo e Diego Santos.

Depois de ser eliminado na estreia no Mundial do Rio e nos Grand Slams de Tóquio e Paris, Kitadai, bronze olímpico em Londres/2012, finalmente voltou a ter um bom resultado. Ele somou vitórias contra atletas da Itália, da Eslovênia e de Israel até a final, quando perdeu por ippon para Ryo Kawabata, do Japão.

Também na categoria até 60kg, Diego Santos venceu três lutas antes de ser eliminado, na semifinal, exatamente pelo japonês. Na repescagem, o atleta brasileiro superou Savva Karakizidi, da Rússia, para ficar com o bronze.

Como não tem ainda definido o titular da categoria até 73kg, a CBJ mandou à Áustria os três atletas da seleção. E quem se saiu melhor foi Alex Pombo, que perdeu do japonês Takenori Nakamura na semifinal, mas ficou com o bronze depois de vencer Alejandro Clara, da Argentina.

Antigo titular e olímpico em Londres, Bruno Mendonça também perdeu na semifinal, para Odbayar Ganbaatar, da Mongólia. Na repescagem, caiu para Zelimkhan Ozdoev, da Rússia. Já Marcelo Contini ficou para trás, perdendo de um alemão logo na estreia. Luiz Revite, na até 66kg, também ficou na primeira luta, vítima de um húngaro.