O Brasil fará em 2014 a maior Copa do Mundo da história, uma vez que o País está próximo a tornar-se a quinta potência econômica mundial, disse neste domingo o presidente da Fifa, Joseph Blatter, em uma entrevista coletiva na cidade de Assunção, no Paraguai, onde o dirigente participa do Congresso da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

“Em um País com 200 milhões de habitantes que amam o futebol, é natural que organize um grande Mundial apesar de algumas dúvidas sobre isso”, disse Blatter. A entrevista à imprensa aconteceu no fim do Congresso Extraordinário da Conmebol no qual regulamentos foram alterados com o objetivo de impedir interferências de governos nas competições.

Blatter afirmou que, assim como nos anos anteriores, “tivemos problemas com os estádios, os aeroportos e as estradas, entre outros pontos, porém tudo será superado”. “Não tenho dúvidas de que as construções serão terminadas a tempo. O Brasil é um país futebolístico e existem muitas questões, entretanto na Fifa não temos dúvidas sobre o fato de que o País fará um grande Mundial”.