Vindo de uma derrota por 2 a 0 na semana passada, num amistoso contra a Venezuela, o Brasil sofreu no domingo (15) a sua primeira derrota nas Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010. Animado pela torcida presente no Estádio Defensores del Chaco, em Assunção, o Paraguai venceu a seleção brasileira por 2 a 0 e manteve a liderança isolada da competição.

Com a derrota, o Brasil segue com oito pontos, em quarto lugar nas Eliminatórias. E vai em busca da reabilitação na quarta-feira, quando receberá a Argentina, em Belo Horizonte. Enquanto isso, o Paraguai lidera tranqüilo a competição, agora com 13 pontos em cinco rodadas disputadas.

No primeiro tempo do jogo, o Paraguai foi a equipe que teve mais volume, pressionando a zaga brasileira até conseguir marcar o primeiro gol. E ele saiu aos 25 minutos, quando Barreto cruzou uma bola rasteira na área e Roque Santa Cruz aproveitou para marcar: 1 a 0. "Nosso time ficou muito atrás no primeiro tempo. Não jogamos bem", admitiu Robinho.

No segundo tempo, o Brasil ganhou um alento com a expulsão do paraguaio Verón, logo aos dois minutos. Mas, mesmo com um jogador a menos em campo, o Paraguai voltou a marcar. Num contra-ataque puxado aos três minutos por Roque Santa Cruz, Cabañas pegou o rebote do goleiro Júlio César e fez 2 a 0.

Depois disso, o técnico Dunga colocou a seleção brasileira no ataque. Mas a pressão não surtiu resultado e o Paraguai conseguiu segurar a vantagem, saindo de campo com uma boa vitória. Para o Brasil, um princípio de crise, que pode aumentar na quarta-feira, contra a Argentina.