A seleção brasileira desembarcou em Paris ontem, um dia depois da vitória por 3 a 0 sobre a Nigéria, em Abuja, e o técnico Carlos Alberto Parreira decidiu poupar os jogadores dos treinos. “Os jogadores desembarcaram por volta da meia-noite, depois de passarem muito tempo num avião e todo mundo estava muito cansado. Por causa disso, Parreira decidiu cancelar o treinamento”, disse o assessor de imprensa da CBF, Rodrigo Paiva. Segundo ele, o primeiro treino será feito hoje, no Camp des Loges, onde treina o Paris Saint Germain. A equipe brasileira chegou à França e se dirigiu para um hotel em Ville d?Avray, cidadezinha localizada a 20 quilômetros de Paris. Os jogadores aproveitaram a folga inesperada para um passeio em Paris.

O Brasil está na França para a disputa da Copa das Confederações – entre 18 e 29 deste mês. A equipe brasileira integra o Grupo B, ao lado dos EUA, Camarões e Turquia. A estréia será no dia 19, contra Camarões.

Zagallo está confiante

Zagallo não usa sua experiência no futebol apenas para trocar idéia com Carlos Alberto Parreira sobre a formação tática da seleção contra esse ou aquele adversário. Se depender dele, a “garotada” que está em Paris vai entrar “mordendo” na Copa das Confederações. O tetracampeão já percebeu que a disposição é a principal característica do grupo: muitos tentam aproveitar a chance para se manter no time que vai disputar as eliminatórias e já mostrou que vai investir nesse aspecto.

A primeira prova foi dada na quarta-feira. Zagallo não deixou que o jogo contra a Nigéria fosse encarado como um simples amistoso. Basta atentar para seu comentário no primeiro dia em Paris. “Eu estava com eles por aqui ó, atravessados no gogó”, afirmou, referindo-se à derrota nos Jogos Olímpicos de Atlanta, em 1996.