enkontra.com
Fechar busca

De Letra

Brasil cai no grupo de Itália e Polônia na Liga Mundial

Confirmando a promessa que o levou à presidência da FIVB (Federação Internacional de Vôlei), o brasileiro Ary Graça inflou ainda mais a Liga Mundial. Na temporada 2014 o torneio terá 28 seleções. Desses, oito participação da recém-criada segunda divisão. A Liga Mundial começa em 23 de maio (para o Brasil em 30 de maio) e termina em 20 de julho.

Pelo novo formato, cada chave tem quatro times. São dois grupos muito fortes, outros três mais fracos e dois grupos (na segunda divisão) formados por países de pouca tradição no vôlei. A fase final terá seis equipes: os dois primeiros de cada um desses grupos fortes, o melhor dentre os 12 times dos grupos mais fracos e mais o dono da casa. O país sede da fase final ainda não foi escolhido.

Agora as melhores seleções só jogarão entre si e não pegarão mais times sem tradição. Assim, o Brasil caiu no Grupo A, com Itália, Polônia e a sensação Irã. No Grupo B estão Rússia, Estados Unidos, Bulgária e Sérvia. Na primeira fase, volta o velho formato de seis rodadas duplas para cada time, sendo três finais de semana fora e outros três em casa.

A única Top 10 do mundo que terá que jogar nos grupos mais fracos é a Argentina, que caiu com Alemanha, França e Japão no Grupo D. No Grupo C, a Bélgica fará sua estreia contra Canadá, Austrália e Finlândia. Já o Grupo E terá Holanda, Coreia do Sul, Portugal e República Checa.

Por motivo não explicado pela FIVB, mas provavelmente por falta de recursos financeiros, Cuba, atual vice-campeã mundial e sétima do ranking, está na segunda divisão. Jogará contra as estreantes Tunísia, Turquia e México no Grupo F. No outro grupo do torneio, o G, estão Porto Rico, China, Espanha e Eslováquia, que também estreia.

Os melhores times dos grupos C, D e E jogarão um quadrangular que definirá o classificado para o hexagonal final. Na segunda divisão serão apenas dois finais de semana de jogos por grupo. Depois, os dois melhores de cada chave jogam um quadrangular pelo título.

Pelo novo sistema, o melhor time dos grupos C, D e E poderá solicitar à FIVB o direito de jogar nos grupos A ou B em 2015 no lugar do pior dentre esses oito times. A entidade não explicou em seu site oficial, porém, se há a possibilidade de promoção na segunda divisão.

Siga a Tribuna do Paraná
e acompanhe mais novidades

Deixe um comentário

avatar
300

Seja o Primeiro a Comentar!


wpDiscuz

Últimas Notícias

Mais comentadas