Os jogadores da seleção brasileira admitiram nesta terça-feira que os 3,6 mil metros de altitude de La Paz são a principal preocupação para o confronto com a Bolívia, domingo, pelas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2010. No entanto, eles prometem se superar diante das dificuldades.

“Sempre assisti jogos na altitude. É realmente complicado, são dois adversários. Não tenho experiência com isso, mas temos que nos adaptar pra fazer um excelente jogo. Vai ser difícil, mas a gente tem que se superar”, ressaltou o lateral-esquerdo André Santos.

Em busca de uma vaga na Copa do Mundo, o meia Diego Souza prometeu se comportar como um boliviano em La Paz, se for escalado. “Joguei em Potosí. É difícil para respirar, parece que a gente vai desmaiar. Mas não dá pra escolher oportunidade. Se for para jogar lá, vou tentar ser um boliviano”, brincou.

Já o meio-campista Elano, admitiu que o Brasil deve enfrentar dificuldades em La Paz, mas descartou a possibilidade de pedir para ser poupado. “Sempre vou querer jogar, independente das dificuldades”, afirmou.