O time do Botafogo mudou de discurso e, depois de mais um tropeço, admitiu temer o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. A situação do clube é complicada. A equipe não vence há oito jogos e, segundo os matemáticos, precisa de oito vitórias e um empate nas 15 rodadas restantes para se manter na divisão de elite.

Basta olhar o retrospecto do técnico Estevam Soares à frente do Botafogo para concluir que a missão não será tão fácil. O treinador ainda não venceu no comando do time alvinegro. Foram cinco empates e duas derrotas. Um desempenho pífio. “Não podemos criar mais tensão, temos que ganhar a primeira (partida)”, disse o comandante, certo de que o momento é preocupante.

Em busca de tranquilidade, a equipe viajou nesta segunda-feira para Saquarema, na Região dos Lagos, onde vai se preparar para o clássico contra o Fluminense, no próximo domingo, no Engenhão. Será um jogo-chave para os dois clubes, que estão na zona de rebaixamento.