Com apenas uma vitória nos últimos dez jogos do Campeonato Alemão, o Borussia Dortmund entrou em campo nesta sexta-feira na lanterna e extremamente pressionado. Mas empurrado pela sua fanática torcida, a equipe derrotou o Hoffenheim por 1 a 0, em casa, na abertura da 14.ª rodada, e ao menos momentaneamente deixou a zona de rebaixamento da competição.

O resultado levou o Borussia a 14 pontos, saltando de último para 14.º colocado. Na terça-feira, entrará em campo pela Liga dos Campeões para enfrentar o Anderlecht em casa. Já o Hoffenheim segue na sétima posição, com 20 pontos, e pegará na sexta que vem o Eintracht Frankfurt, em casa, pela 15.ª rodada do Alemão.

Precisando desesperadamente da vitória, o Borussia foi para cima desde o início, e o nervosismo dos jogadores estava evidente na intranquilidade demonstrada na hora da finalização. A equipe teve diversas chances no início, mas só aproveitou aos 16 minutos, quando Gündongan recebeu cruzamento da direita e tocou para o gol após a saída errada do goleiro.

Mesmo com a vantagem, o time seguiu superior e não parou de criar oportunidades. As principais delas eram com Aubameyang. Em uma delas, ele encheu o pé pela direita, mas o goleiro Baumann espalmou e a bola ainda tocou na trave antes de sair. Em outra, o atacante cortou um zagueiro e tocou com categoria no canto, mas estava impedido.

Depois de tantas chances perdidas, o Borussia tratou de se fechar para impedir o empate, que quase saiu aos 39, quando Volland invadiu a área e caiu após carrinho de Subotic. O Hoffenheim reclamou muito de pênalti, mas não foi atendido. O apito final veio e a comemoração dos donos da casa em campo refletiu o alívio pela retomada do caminho das vitórias.