O presidente da Fifa, Joseph Blatter, pediu nesta sexta-feira o fim das disputas de pênaltis no futebol profissional. Durante um congresso da entidade que está sendo realizado em Budapeste, na Hungria, o dirigente pediu ao ex-jogador alemão Franz Beckenbauer que ache uma alternativa para as partidas decisivas que terminarem empatadas.

Blatter considerou as disputas de pênaltis como uma “tragédia” e afirmou que fazem o futebol “perder sua essência”. “Futebol pode ser um drama, até uma tragédia, quando vai para os pênaltis”, declarou. “Futebol não deveria ir para o um contra um. Quando vai para os pênaltis, perde sua essência como esporte coletivo”, completou.

Após a análise, o presidente da principal entidade do futebol mundial pediu ajuda a Beckenbauer, que lidera a força-tarefa criada em 2010 para melhorar o futebol até a Copa do Mundo de 2014, no Brasil. “Talvez Franz Beckenbauer, com seu grupo, possa apresentar uma solução. Se não hoje, então amanhã”, comentou.

As disputas de pênaltis voltaram a ser assunto no futebol mundial no último sábado, quando o Chelsea sagrou-se campeão da Liga dos Campeões da Europa após empatar com o Bayern de Munique por 1 a 1, no tempo normal e na prorrogação, e vencer justamente nos pênaltis. Na ocasião, o time inglês foi bastante criticado por sua postura defensiva.