Mesmo embalado pela vitória sobre a Coreia do Sul e a liderança do Grupo A, o técnico Bernardinho espera um confronto “tenso” contra a Holanda, neste sábado, na casa do rival, em Roterdã, pela quarta rodada da Liga Mundial. Os holandeses vêm de duas derrotas seguidas, ambas para a Bulgária, e tentarão se reabilitar na competição nas duas partidas que farão com os brasileiros.

“Serão dois jogos difíceis. Em casa, a equipe da Holanda vai ganhar mais força, até porque vai tentar reverter a situação de ter perdido duas vezes para a Bulgária. Nós queremos a classificação para a fase final na Argentina, mas eles também querem vencer. Serão dois confrontos de muita tensão”, previu o treinador brasileiro.

O meio-de-rede Rodrigão, que já enfrentou a equipe holandesa duas vezes nesta edição da Liga, também espera um confronto complicado neste sábado. “É um time jovem, alto, e que joga muito bem. Os dois centrais são bem experientes e fazem a diferença na equipe, além do próprio técnico holandês”, analisou.

Apesar das dificuldades, Rodrigão aposta em duas vitórias, que deixaria o Brasil mais perto da classificação para a fase final da Liga Mundial. “Se vencermos estes dois jogos, seguiremos para a Coreia mais tranquilos para as partidas com os sul-coreanos. Ganhando as quatro partidas, quem sabe, chegaremos na Bulgária já com a classificação para a fase final assegurada?”.

O jogador, porém, sabe que a seleção brasileira terá problemas também na Coreia. “Não me lembro de outra Liga Mundial tão acirrada em termos de classificação para a fase decisiva”, destacou.