O técnico Rafa Benítez criticou nesta terça-feira os antigos proprietários do Liverpool e o atual diretor Christian Purslow. O treinador deixou o comando do clube inglês em junho, após seis temporadas no comando do time, e agora dirige a Inter de Milão.

O Liverpool faz péssima campanha no Campeonato Inglês e está na vice-lanterna. “A única coisa que posso dizer é que eu sinto muito pelos torcedores”, afirmou Benítez na coletiva de imprensa da partida entre Inter de Milão e Tottenham, que será disputada na quarta-feira.

Na semana passada, o New England Sports Ventures concluiu a compra do Liverpool, que pertencia aos norte-americanos Tom Hicks e George Gillett Jr., por 300 milhões de libras. Benítez assistiu a derrota de seu ex-clube por 2 a 0 para o rival Everton, no domingo, que deixou o clube em penúltimo lugar.

“Eu prefiro não falar sobre isso porque me sinto muito triste pelos torcedores”, disse Benítez. “Eu estava assistindo e eu estava muito triste após a derrota no outro dia. Temos um ditado em espanhol, que é: ‘líquido branco em um frasco de leite tem de ser leite'”.

“O que isso significa? Isso significa que, após [fazer] 86 pontos e terminar em segundo no campeonato, o que mudou? Os norte-americanos, eles escolheram um técnico novo e tudo mudou”, afirmou Benítez. Ele citou a chegada de Purslow no verão de 2009 como o início de uma espiral descendente, que terminou na sua saída.