O brasileiro Thomaz Bellucci inicia, nesta terça-feira, a sua participação na chave de simples do Masters 1000 de Paris, na França – o último torneio em sua temporada -, contra o alemão Philipp Kohlschreiber. E o tenista paulista mostra confiança em começar a competição com vitória. O jogo contra o 33.º colocado do ranking mundial da ATP – Bellucci é o 30.º – está marcado por volta de 11 horas (de Brasília).

“Não vou poder vacilar de jeito nenhum. Vou ter que entrar já impondo meu jogo e tentar errar o menos possível. A quadra (sintética coberta) está boa, não muito rápida, do jeito que eu gosto, o que acaba facilitando”, disse o brasileiro.

Este será o quarto confronto entre os dois tenistas somente neste ano. Bellucci venceu o último deles, no Torneio de Hamburgo (Alemanha), mas Kohlschreiber contabiliza duas vitórias sobre o brasileiro – no Masters 1000 de Montecarlo (Principado de Mônaco) e no Torneio de Auckland (Nova Zelândia).

Nas duplas, Bellucci e o mineiro Marcelo Melo foram eliminados nesta segunda – perderam para os norte-americanos John Isner e Sam Querrey. “Jogamos bem a dupla, mas eles (os norte-americanos) nos deram poucas chances, sacaram muito bem. Se tivéssemos vencido o primeiro set, com certeza, o resultado do jogo teria sido diferente”, analisou.