O brasileiro Thomaz Bellucci melhorou a sua posição no ranking da Associação de Tenistas Profissionais (ATP) mesmo tendo sido eliminado na primeira rodada do Torneio de Tóquio na última semana. O tenista paulista chegou ao 53.º lugar, alcançando a melhor posição da sua carreira, com 833 pontos.

Bellucci pode entrar no top 50 na próxima semana. Ele já somou 70 pontos nesta semana, sendo 45 por atingir a segunda rodada do Masters 1000 de Xangai, e 25 por ter passado pelo qualifying. Já o gaúcho Marcos Daniel saltou duas posições no ranking e está agora em 84.º lugar.

Semifinalista em Torneio de Pequim, o espanhol Rafael Nadal diminuiu em 100 pontos a distância para o suíço Roger Federer, que lidera o ranking da ATP, com 11.255 pontos. Agora, a vantagem é de cerca de 2,3 mil pontos.

Contundido, o britânico Andy Murray está em terceiro lugar, com 8.390 pontos, mas perderá a posição na próxima semana, já que vai descartar 1.000 pontos relativos ao título do Masters Series de Madri, em 2008. Ele será ultrapassado pelo sérvio Novak Djokovic, campeão do Torneio de Pequim no último final de semana, que está em quarto, com 7.740 pontos.

Juan Martin Del Potro, Andy Roddick, Jo-Wilfried Tsonga, Nikolay Davydenko, Fernando Verdasco e Gilles Simon completam o top 10.

Ranking da ATP, 12/10:

1) Roger Federer (SUI), 11.255 pontos

2) Rafael Nadal (ESP), 8945

3) Andy Murray (GBR), 8.390

4) Novak Djokovic (SER), 7.740

5) Juan Martin del Potro (ARG), 6.555

6) Andy Roddick (EUA), 4.830

7) Jo-Wilfried Tsonga (FRA), 4.100

8) Nikolay Davydenko (RUS), 3.710

9) Fernando Verdasco (ESP), 3.400

10) Gilles Simon (FRA), 3.285

11) Robin Soderling (SUE), 3.125

12) Fernando Gonzalez (CHI), 2.700

13) Marin Cilic (CRO), 2.495

14) Gael Monfils (FRA), 2.285

15) Tommy Robredo (ESP), 2.090

16) Radek Stepanek (RCH), 2.055

17) David Nalbndian (ARG), 1.865

18) Tommy Haas (ALE), 1.780

19) David Ferrer (ESP), 1.770

20) Tomas Berdych (RCH), 1.740

53) Thomaz Bellucci, (BRA), 833

84) Marcos Daniel (BRA), 615

149) Thiago Alves (BRA), 387

158) Julio Silva (BRA), 359

165) Ricardo Mello (BRA), 332

180) João Souza (BRA), 292

196) Ricardo Hocevar (BRA), 264